BWW Review: Inspired by Shamanism CASA ROSA DOS VENTOS (Windrose's House) Opens in the Various Rooms of a House in Perdizes

Article Pixel


BWW Review: Inspired by Shamanism CASA ROSA DOS VENTOS (Windrose's House) Opens in the Various Rooms of a House in Perdizes

The itinerant show Casa Rosa dos Ventos (Windrose's House) opens December 6 with direction by Fabiana Tolentino. The play is a production of M.O.T.I.M (Women Organized by an Infinite Movement Theater), which works on themes such as feminism, art and spirituality. Conceived by Fabiana Tolentino, it also has the support and active collaboration of over 20 artists, including women and men interested in this quality of debate.

Inspiradas pela cultura xamânica, as atrizes Fabiana Tolentino e Luciana Bollina idealizaram uma peça itinerante, sem dramaturgia linear, um jogo de direções, onde o tema central é relação com o Tempo. No espetáculo, a plateia é convidada a seguir qualquer direção e assistir o que quiser nos diversos cômodos da casa que recebe a encenação.

É uma experiência-instalação na qual a plateia precisa escolher o que assistir ou não, além de decidir se vai obedecer as ordens que vem de duas personagens provocadoras, que são uma espécie de mestres de cerimônia.

BWW Review: Inspired by Shamanism CASA ROSA DOS VENTOS (Windrose's House) Opens in the Various Rooms of a House in Perdizes
Luciana Bollina as Coiote
photo by Fabiana Tolentino

A dramaturgia foi escrita a partir dos Escudos Xamânicos (representados por animais que protegem cada direção da Rosa dos Ventos: Águia do Leste, Coiote do Sul, Urso do Oeste e Búfalo do Norte). As cenas criadas abordam questões feministas associadas ao significado de cada animal, abrangendo temas como: a criança interior, repetição de padrões familiares, sexo e masculinidade tóxica. "A gente trabalha esses temas todos respeitando a sacralidade que existe neles, mas sempre com uma pitada de irreverência. Mostrando que o sagrado e o profano podem (e devem) conviver juntos em harmonia" comenta Fabiana Tolentino.

A peça tem direção musical de Pamella Machado e Pedro Arrais. Todas as músicas são originais e foram compostas pelo elenco para o projeto, principalmente por Pamella Machado, Luciana Bollina, André Torquato e Pedro Arrais, mas todos da equipe participaram no processo de criação das músicas e arranjos. Ainda sobre a parte musical, Fabiana completa: "Seguindo na linha de misturar sagrado e profano, misturamos bases de música eletrônica com tambores veganos (com couro não-animal), instrumentos musicais e a voz. Tirando a base eletrônica, tudo é executado ao vivo".

Sobre o M.O.T.I.M:

BWW Review: Inspired by Shamanism CASA ROSA DOS VENTOS (Windrose's House) Opens in the Various Rooms of a House in Perdizes
Pamella Machado as Bufalo
photo by Fabiana Tolentino

M.O.T.I.M (Mulheres Organizadas por um Teatro em Infinito Movimento), que tem os trabalhos voltados para temas como feminismo, arte e espiritualidade. Idealizada por Fabiana Tolentino, conta também com o suporte e a colaboração ativa de mais de 20 artistas, entre mulheres e homens interessados nesta qualidade de debate.

Dentro de uma cultura de opressão às mulheres e aversão ao termo "feminista", onde muitos julgamentos são lançados em cima das que se auto intitulam dessa forma, o coletivo sentiu a necessidade de apresentar ao público diferentes perspectivas sobre essa palavra. Com início em julho de 2018 através de um grupo de estudos semanal, o grupo cria seu primeiro espetáculo: LUGAR DE ESCUTA; a peça busca aproximar o público a uma diversidade de discursos, abrindo espaço para que minorias políticas pudessem exercer seu lugar de fala. Foram 5 temporadas de sucesso, realizadas através de financiamento coletivo e de seus desdobramentos, duas no Teatro do Núcleo Experimental, duas na Casa Travessia e duas sessões, no CEFTEM e no Teatro Prudential, realizando assim uma breve passada pelo Rio de Janeiro; também foram convidadas pela Chiado Books a lançar o texto em livro, mais de 300 exemplares vendidos em menos de 3 meses.

Ficha técnica:
BWW Review: Inspired by Shamanism CASA ROSA DOS VENTOS (Windrose's House) Opens in the Various Rooms of a House in PerdizesIdealização: Fabiana Tolentino e Luciana Bollina
Direção geral: Fabiana Tolentino
Direção musical: Pamella Machado e Pedro Arrais

Elenco:
Face exposta da lua (artistas que estão no palco):
Luana Zehnun - Magia
Lurryan Nascimento - Ordenador
André Torquato - Urso
Fabiana Tolentino - Águia
Luciana Bollina - Coiote
Pamella Machado - Búfalo

Face oculta da lua (artistas que estão no backstage):
Luisa Sabino
Luka Borges
Pedro Arrais

Nota: Toda a produção da peça, incluindo todos os textos, músicas originais, idealização e produção de cenário, figurino, luz, edição de vídeo, entre outras funções, foram realizadas em criação coletiva por toda a equipe acima, com exceção de:

Artes visuais: Lurryan Nascimento
Logo do M.O.T.I.M: Bia Riedel
Adereços: Luana Zehnun

Casa Rosa dos Ventos
Serviço:
Local: Nosso Espaço - Rua Cajaíba, 531 - Perdizes
Temporada - Sexta a segunda às 20h30, até 16 de dezembro
Lotação: 44 lugares
Ingressos antecipados: motim.ingressos@gmail.com
Duração: 1h20
Ingressos: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)
Classificação etária: 16 anos



Related Articles View More Brazil Stories   Shows

From This Author Claudio Erlichman