BWW Review: With a Lot of Humor and Irreverence Claudio Goldman Stars CONCERTANDO A BROADWAY Parodying Famous Musicals

BWW Review: With a Lot of Humor and Irreverence Claudio Goldman Stars CONCERTANDO A BROADWAY Parodying Famous Musicals



More than 15 classic Broadway songs in improbable and misbehaving versions. The show premieres on January 24 at Teatro Sérgio Cardoso. The short-season has only six sessions at popular prices and is geared towards the whole family.

Canções clássicas de musicais da Broadway como Grease, Funny Girl, O Fantasma da Ópera, Os Miseráveis, Cats, Cantando na Chuva, Um Violinista no Telhado, Cabaret e A Noviça Rebelde ganham versões satíricas e irreverentes no espetáculo Concertando a Broadway, peça com roteiro e direção geral do pesquisador de teatro musical e dramaturgo Gerson Steves e direção musical de Claudio Goldman. Claudio também está em cena, acompanhado das atrizes Sady Medeiros e Muriel Aronchi e do pianista Hamilton de Oliveira. O espetáculo estreia dia 24 de janeiro e segue em temporada de apenas seis sessões, sempre às quintas-feiras, 20h, no Teatro Sérgio Cardoso (Sala Paschoal Carlos Magno).

BWW Review: With a Lot of Humor and Irreverence Claudio Goldman Stars CONCERTANDO A BROADWAY Parodying Famous Musicals
Muriel Aronchi, Claudio Goldman, and Sady Medeiros
photo by Andy Santana

Idealizado por Goldman e Steves, o espetáculo é composto por mais de 15 versões inéditas de canções extraídas de espetáculos da Broadway. A dupla conecta os números a esquetes sobre os bastidores do teatro musical no Brasil e no mundo, curiosidades da vida artística nos palcos e a trajetória de Claudio Goldman, cantor, compositor e músico, iniciado na vida artística desde os 7 anos. Nas versões, há fortes componentes de brasilidade e brincadeiras em cima das letras, não deixando de lado gírias e expressões com a cara do Brasil.

Gerson, responsável pela direção e dramaturgia, explica: "O gênero musical, no Brasil, nasce da paródia - ela é o grande barato do teatro musical brasileiro. Trazemos esse espírito irreverente para a peça, brincando também com o termo 'concertar', que se remete tanto à ideia de um concerto musical quanto a esses ajustes (e consertos) que propomos para que os números ganhassem uma cara mais brasileira", diz o dramaturgo, também autor do livro A Broadway Não é Aqui: Panorama do Teatro Musical no Brasil, em que discute justamente a origem e o perfil do teatro musical brasileiro em contraponto ao nova-iorquino.

BWW Review: With a Lot of Humor and Irreverence Claudio Goldman Stars CONCERTANDO A BROADWAY Parodying Famous Musicals
Muriel Aronchi and Sady Medeiros
photo by Andy Santana

Os criadores do espetáculo apostam no seu alcance tanto para os amantes dos musicais quanto para quem não tem tanta familiaridade com o gênero. "Como as cenas se intercalam com as histórias que o elenco conta, o espetáculo se torna muito íntimo, próximo do público", conta Gerson, complementando que tudo foi pensado em um formato indicado para toda a família.

As coreografias, assinadas pelas atrizes Sady Medeiros e Muriel Aronchi também vão no registro do bom-humor, confirmando o objetivo do espetáculo em subverter a estrutura do musical clássico da Broadway. "Os fãs do gênero vão ter a oportunidade de assistir a um novo ponto de vista sobre o que estão habituados a ver. O espetáculo é composto por versões improváveis e malcomportadas para clássicos inesquecíveis", completa.

BWW Review: With a Lot of Humor and Irreverence Claudio Goldman Stars CONCERTANDO A BROADWAY Parodying Famous Musicals
photo by Andy Santana

Ficha Técnica:
Concertando a Broadway

Roteiro e Direção Geral: Gerson Steves.
Direção Musical: Claudio Goldman.
Com: Claudio Goldman, Muriel Aronchi e Sady Medeiros.
Ao piano: Hamilton de Oliveira.
Coreografias: Sady Medeiros e Muriel Aronchi.
Versões: Gerson Steves e Claudio Goldman.
Fotos: Marília Scarabello - Estúdio Duplo.
Som e efeitos: Nilson Costa e Fê Pinatti.
Iluminação e figurinos: Gerson Steves e Thiago Audrá.

Serviço:
De 24 de janeiro a 28 de fevereiro.
Quintas-feiras, às 20h.

Local: Teatro Sergio Cardoso - Sala Paschoal Carlos Magno (R. Rui Barbosa, 153 - Bela Vista)
Ingressos Populares: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Capacidade: 144 lugares
Classificação Indicativa: Livre
Duração: 70 minutos.

Teatro contém ar-condicionado e acessibilidade completa.

Related Articles View More Brazil Stories   Shows



From This Author Claudio Erlichman

Before you go...

Like Us On Facebook
Follow Us On Twitter
Follow Us On Instagram instagram
   
popup