Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo

By Claudio Erlichman. The recitals run from May 3rd through 11th at Theatro Municipal de São Paulo.

By: May. 01, 2024
Get Access To Every Broadway Story

Unlock access to every one of the hundreds of articles published daily on BroadwayWorld by logging in with one click.




Existing user? Just click login.

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo One of the most celebrated works in history, Carmen is an opera in four acts by the French composer Georges Bizet. The libretto was written by Henri Meilhac and Ludovic Halévy, based on the novella of the same title by Prosper Mérimée. The opera was first performed by the Opéra-Comique in Paris on 3 March 1875, where its breaking of conventions shocked and scandalised its first audiences. Bizet died suddenly after the 33rd performance, unaware that the work would achieve international acclaim within the following ten years. Carmen has since become one of the most popular and frequently performed operas in the classical canon; the "Habanera"(L'amour est un oiseau rebelle) and "Seguidilla" from act 1 and the "Toreador Song" from act 2 are among the best known of all operatic arias.

The passionate work, which entered in the hearts of the audience due to its protagonist's transgression and unforgettable arias, in this version, takes place in a haute couture atelier in the context of the Spanish Franco dictatorship. It is there that a sequence of actions involving the universal themes of jealousy, passion, possessiveness and female empowerment is set, with the signature of a specialist in the theme, director Jorge Takla (Mademoiselle Chanel, Cabaret, The King and I), Ronaldo Zero as associate diretor, and musical direction by Roberto Minczuk.

Seven performances will be presented, starting on May 3rd, in an innovative production with all the visual impact that the title deserves. Known for its colors, exuberance and the number of singers, actors and dancers on stage (the cast reaches 125 people in all scenarios at the same time on stage), the version that will be presented in seven performances in May on 3/4 , at 8pm, 4/4, at 5pm, 5/4, at 5pm, 7/4, at 8pm, 8/4, at 8pm, 10/4, at 8pm, and 11/4, at 5pm will feature 400 costumes specially designed by Argentine designer Pablo Ramírez, under sets inspired by the work of Goya by Argentine artist Nicolás Boni (La Traviata, Madama Butterfly). The work lasts approximately 180 minutes with intermission, and tickets are available from R12 to R165 (full price).

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo
Toureador aria.
photo by Larissa Paz

A obra passional, que entrou para o cânone e para os corações do público pela transgressão de sua protagonista e pela inesquecível ária Habanera (L’amour est un oiseau rebelle), é ambientada em um ateliê de alta costura com a assinatura de um especialista no tema, o diretor Jorge Takla (Mademoiselle Chanel, Cabaret, O Rei e Eu) e Ronaldo Zero como diretor associado. Serão apresentadas sete récitas, a partir de 3 de maio.

Uma das obras mais celebradas da história, Carmen, ópera em quatro atos de Georges Bizet com libreto de Henri Meilhac e Ludovic Halévy, estreia no Theatro Municipal em uma montagem inovadora e com todo impacto visual que o título merece. Com direção cênica do reconhecido diretor Jorge Takla (Mademoiselle Chanel, Rigoletto, La Traviata, Don Quixote), direção associada de Ronaldo Zero (Ainadamar, María de Buenos Aires) e direção musical de Roberto Minczuk, a ação cênica, nessa versão, se passa num ateliê de alta costura no contexto da ditadura franquista espanhola. É lá que uma sequência de ações que envolvem os temas universais do ciúme, da paixão, da possessividade e do empoderamento feminino acontecem dessa vez.

Conhecida por suas cores, exuberância e a quantidade de cantores, atores e dançarinos no palco (o elenco chega a 125 pessoas em todos os cenários ao mesmo tempo no palco), a versão que será apresentada nas sete récitas em maio nos dias 3/4, às 20h, 4/4, às 17h, 5/4, às 17h, dia 7/4, às 20h, dia 8/4, às 20h, 10/4, às 20h, e 11/4, às 17h contará com 400 figurinos especialmente desenhados pelo estilista argentino Pablo Ramírez, sob cenários com inspiração na obra de Goya do também argentino de Rosario Nicolás Boni (La Traviata, Madama Butterfly). A obra tem duração aproximada de 180 minutos com intervalo, e ingressos disponíveis de R$12 a R$165 (inteira).

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo
L'amour est un oiseau rebelle
photo by Larissa Paz

Nos dias 3, 5, 8 e 11/4, o elenco contará com a mezzo-soprano italiana Annalisa Stroppa como Carmen, o brasileiro radicado na Itália Max Jota como Don José, a brasileira Camila Provenzale como Micaela e o barítono argentino Fabián Veloz como Escamillo. Já nos dias 4, 7 e 10, estarão no elenco a mezzo-soprano moldava Lilia Istratii como Carmen, o tenor ítalo-brasileiro Giovanni Tristacci como Don José, a soprano brasileira Marly Montoni como Micaela e o barítono sul-africano Bongani J Kubheka como Escamillo. Além da Orquestra Sinfônica Municipal, as apresentações terão a participação do Coro Lírico Municipal sob a regência da maestra Érica Hindrikson, e o Coro Infanto Juvenil da Escola Municipal de Música, regido pela maestra Regina Kinjo.

Muito mal compreendida em seu lançamento, em março de 1875, Carmen foi vanguarda pelo caráter transgressor da protagonista e pelo tom realista da obra. Entretanto, o sucesso chegou apenas em outubro daquele ano. Encenada em Viena, recebeu os aplausos de Brahms, Wagner, Tchaikovsky e Nietzsche. Bizet, contudo, não conseguiu ver seu sucesso, pois faleceu quatro meses antes.

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo
Habanera aria
photo by Larissa Paz

“O aspecto trágico e sombrio da novela de Mérimée foi atenuado no libreto da ópera de Bizet, mas a partitura traz à tona todos os recantos mais densos camuflados nessa obra. A Carmen original se passa numa fábrica de tabaco. A mudança para um ateliê de alta costura da Espanha Franquista dos anos 1940 e 1950 nos projeta em um clima que remete à leveza de uma verdadeira ópera-comique francesa, quase parisiense, precursora das operetas. Em um dos principais cenários vamos ter um painel imenso, de seis portas, com pinturas da escola de Francisco de Goya. Em outro, um imenso ateliê, que será um formigueiro de costureiras e bordadeiras“, explica o diretor Jorge Takla. “É tragédia e divertimento, champagne e sangue”, conclui.

Nessa versão, Carmen é uma famosa super modelo. As motivações para essa transformação são muitas e o diretor associado Ronaldo Zero explica: “Trazer a montagem para um ambiente relativamente contemporâneo nos faz também relacionar a Carmen, uma mulher linda e desejada, porém objetificada por Don José, a uma peça de roupa de grife que, para ele, deveria vestir somente o seu corpo”.

Posse e objetificação de corpos, portanto, trazem um viés crítico, político e atual para ser discutido à novela de paixões tão marcante presente no texto e na música tão conhecidos e amados de todo o público. “A sensação de posse e consumo exacerbada pelo desejo do mundo moderno reflete uma busca desenfreada por validação externa e status social, muitas vezes às custas de valores mais profundos e genuínos. Don José, em sua obsessão por Carmen, ilustra os perigos desse tipo de mentalidade, na qual a posse se torna mais importante do que o amor verdadeiro e a liberdade individual”, afirma.

A força daquela que sofre um dos feminicídios mais famosos da história das óperas permanece indiscutível e retoma a eternamente atual discussão da autonomia e liberdade da mulher. “Aqui Carmen brilha nos holofotes da indústria fashion, desafia as normas sociais e quebra barreiras”, completa Ronaldo Zero, diretor-associado.

“Do ponto de vista musical e vocal, é possível ver que a música é excessivamente cromática, o que retrata bem seu caráter sensual e sua proficiência na arte da sedução”, diz Lilia Istraati, uma das intérpretes do clássico papel de Carmen. Sobre a montagem, comenta: “A produção do mestre Jorge Takla é simplesmente fabulosa e ela delineia bem o equilíbrio entre o fashion e o drama original”, completa.

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo
Sketches of the costumes for the opera Carmen,
designed by the Argentine designer Pablo Ramírez.

Desfilam no palco cantores e atores vestindo centenas de figurinos desenhados especialmente pelo estilista argentino Pablo Ramírez, responsável pela coleção desfilada no Teatro Colón em 2012 que deu a inspiração inicial para a parceria dele com Takla. Na ocasião, Ramírez, que o conheceu por intermédio de Nicolás Boni para uma montagem de Tosca, apresentou sua coleção que trazia diversas Carmens: uma mais sofisticada, uma mais cigana, uma mais ligada ao universo de Lorca, outra mais dramática, e, assim, Takla decidiu que esse era o título que deveriam eleger para seu projeto. Com o projeto adiado em função da pandemia, Ramírez se animou e desenhou todos os modelos inéditos.

Jorge Takla é um diretor e produtor com tantos anos de experiência no mundo do teatro que para mim é uma honra e um luxo ter sido convocado por alguém como ele e de ter feito uma montagem inspirada em minha coleção. Além disso, eu, Jorge e Boni compartilhamos uma paixão e obsessão pelas minúcias e detalhes. São mais de 400 figurinos criados e realizados especialmente para essas récitas. Cada ato foi pensado para ter sua própria paleta de cor, texturas, silhuetas e há pequenas histórias dentro da história original”, diz o figurinista e estilista argentino.

A música de Carmen é exuberante, melódica e brilhantemente orquestrada, destacando-se pela singular fusão de cores, melodias envolventes inesquecíveis, emoções humanas e vigor físico. Sua essência espanhola é palpável, e muito de sua fama é creditada a três árias que se tornaram verdadeiros clássicos: “L'amour est un oiseau rebelle”, popularmente conhecida como Habanera, “Toureador” e “Seguidilla”. Será a primeira vez que o diretor musical, o maestro Roberto Minczuk, regerá esse título com a Orquestra Sinfônica Municipal.

Set in the World of Haute Couture, BIZET'S CARMEN Opens at Theatro Municipal de Sao Paulo
Nicolás Boni's set for the opera Carmen.
photo by Divulgação

 SERVIÇO:

CARMEN

Ópera em quatro atos de Georges Bizet com libreto de Henri Meilhac e Ludovic Halévy

03/05/2024 • sexta-feira - 20h
04/05/2024 • sábado - 17h
05/05/2024 • domingo - 17h
07/05/2024 • terça-feira - 20h

08/05/2024 • quarta-feira - 20h
10/05/2024 • sexta-feira - 20h
11/05/2024 • sábado - 17h
ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL
CORO LÍRICO MUNICIPAL
CORO INFANTOJUVENIL DA ESCOLA MUNICIPAL DE MÚSICA

Roberto Minczuk, direção musical
Jorge Takla, direção cênica
Ronaldo Zero, direção associada

Érica Hindrikson, regente Coro Lírico Municipal
Regina Kinjo, regente Coro Infantojuvenil da Escola Municipal de Música

Nicolás Boni, cenografia
Mirella Brandi, design de luz
Pablo Ramírez, figurino
Katia Barros, coreografia
Malonna, visagismo
Thiane Lavrador, assistente de direção

.ELENCO:

.dias 3, 5, 8 e 11
Annalisa Stroppa, Carmen
Max Jota, Don José
Camila Provenzale, Micaela
Fabián Veloz, Escamillo

.Dias 4, 7 e 10
Lilia Istratii, Carmen
Giovanni Tristacci, Don José
Marly Montoni, Micaela
Bongani J Kubheka, Escamillo

.Todas as datas
Raquel Paulin, Frasquita
Andreia Souza, Mercedes
Jean William, Remendado
Johnny França, Dancaire
Guilherme Rosa, Moralès
Sérgio Righini, Zuniga
Marcio Louzada, Lillas Pastia

Atores-bailarinos
Alessandra Helena
Andressa Corso
Angela Fonseca
Antonio Benega
Carla Zarzur
Daniel Suleiman
Daniela Malatesta
Eduardo Martins
Felipe Rio Ruas
Gabriel Felix
Isabella Oliveira
Jackson Murifran
Jennifer Rosa
Karina Cruz
Lucas Maia
Natália Antunes
Pina
Vita Christoffel
Vitor Rosa
Vivian Albuquerque

Duração aproximada 180 minutos (com intervalo)
Classificação indicativa – Não recomendado para menores de 12 anos – pode conter histórias com agressão física, insinuação de consumo de drogas e insinuação leve de sexo.
Ingressos:
https://theatromunicipalsp.byinti.com/#/event/opera-carmen

 de R$12 a R$165 (inteira)



Comments

To post a comment, you must register and login.



Videos